Câmara de Cascais desaconselha idas à praia

As notícias invadiram os media e as redes sociais ontem, no mesmo dia em que a Organização Mundial de Saúde declarou o surto de coronavírus uma pandemia. Aspraias de Cascais encheram, com milhares de pessoas devido calor fora de época. Eventualmente pelo fecho de várias escolas, universidades e serviços, como medidas preventivas para tentar evitar a propagação do Covid-19. Muitos de nós podemos ser portadores de vírus e estar a transmiti-lo involuntariamente aos outros. A Câmara de Cascais reagiu ao que se passou nas suas praias com um aviso: contenção não é nas ruas e nas praias. É altamente desaconselhada a deslocação até às zonas balneares ou de grande concentração de pessoas. Foram ainda acionadas equipas de vigilância nas praias do concelho, colocando nadadores-salvadores na Praia de Carcavelos, do Guincho, de Cascais (Conceição-Duquesa-Rainha-Moitas), do Tamariz, de São Pedro e da Parede. Fica um aviso: caso as indicações não sejam seguidas, “a Câmara de Cascais pondera ações mais drásticas como a interdição das praias do concelho”.