Dexter agora é uma rockstar e acaba de lançar um novo disco

A última vez que provavelmente viste Michael C. Hall, estava vestido à lenhador, com uma barba farfalhuda e a essencial camisa de flanela aos quadrados. Estávamos em 2013 e a cena traumática punha fim a uma montanha-russa de sete anos de “Dexter”. Agora, sete anos depois do adeus ao serial killer mais bonzinho da televisão, Hall lança o seu primeiro disco. Ouviste bem, ele é o vocalista de uma banda chamada Princess Goes to the Butterfly Museum. Não será uma surpresa para os fãs mais hardcore de Hall, ele que já canta há duas décadas. A banda tem outros dois elementos, Peter Yanowitz, antigo membro dos The Wallflowers, e que já tocou com Yoko Ono ou os Wilco e Matt Katz-Bohen. Apesar de estarem juntos desde 2018, foi preciso esperar até 1 de abril para que lançassem o seu primeiro EP, embora já tenham divulgado alguns temas que até tiveram direito a videoclip. E, claro, Michael C. Hall está sempre em destaque. Ao primeiro single, “Ketamine”, lançado em 2019, seguiu-se “Come Talk To Me” e “Love American Style”, todos incluídos no EP homónimo, que inclui mais três temas originais.