Favorite

Get directions

Call

Report

729 views
Jeffery Davis Quinteto foi concebido, primordialmente, devido à necessidade de Jeffery Davis se exprimir como compositor e com o intuito de demonstrar que o vibrafone pode ser utilizado de forma inovadora num contexto de ensemble e de composição. A sua utiização enquanto instrumento melódico mas, igualmente, como harmónico é aquilo de define, em grande parte, a sonoridade do projeto. Os membros deste quinteto de jazz foram cuidadosamente selecionados devido às suas características sonoras, harmónicas e melódicas.Os temas escritos, por Jeffery Davis, para este ensemble denotam uma profunda influência da música de câmara erudita e do jazz; mesmo dentro do jazz há uma tentativa de usar um estilo harmónico mais moderno e sofisticado com uma base de groove muitas vezes inspirado no swing e em estilos mais tradicionais. A totalidade da música tocada pelo grupo apresenta-se com uma forte componente programática baseada na pintura e, principalmente, na literatura nomeadamente em Hermann Hesse e Ernest Hemingway (alguns dos temas chegam a ser verdadeiros resumos musicais das obras destes escritores, retiradas da imaginação do compositor). https://jefferydavis.bandcamp.com/album/for-mad-people-only Jeffery Davis - vibrafone Óscar Marcelino da Graça - piano José Soares - saxofone alto e soprano Nelson Cascais - contrabaixo Diogo Alexandre - bateria Marcos Cruz Embora tenha nascido em 1972, só a partir de meados dos anos 80 é que o Marcos começou a comprar música. Até aí viveu um bocado inibido pela irmã mais velha, que achava azeiteiro praticamente tudo de que ele gostava. E em muitas coisas tinha razão, diz o Marcos. Foi, porém, com a chegada dos anos 90 que abriu o baú da música negra. Um pouco à boleia do acid jazz sentiu a vontade de mergulhar mais a fundo tanto no jazz como na soul, o que depois o levou ao disco, ao hip hop, ao techno, ao house, até ao drum’n’bass, mas sobretudo ao funk, que foi a sua área de especialização durante quase todo o tempo que passou discos, cerca de 12 anos. Entretanto, nasceu a sua filha e há uma década que não se vê nos discos, a não ser os do fogão. O convite da Porta Jazz é, por isso, especial. Espera o Marcos que seja bom para todos. O ciclo Porta-Jazz ao Relento realiza-se em todos os sábados de de agosto, sempre com início às 22 horas e acesso livre.

Schedule

Saturday, 31/08, 2019 22:00 - 01:00

Artists

Photos

Location

R. de Dom Manuel II

Baixa, Porto 4050-346

Favorite

Get directions

Call

Report

Collections

Related events

  • Event category
  • Nightspot category
  • Collection category
  • All results

Search for events, nightspots or collections in the largest nightlife directory in Portugal

By using this website you are confirming that you are over the age of 18 and agreeing to our Cookie Policy and Privacy Policy.